25 de out de 2007

MÁXIMAS DO AMOR

Quero um dia bradar altivo,

junto aos quatro elementos,

que estou amando de verdade

do núcleo de meus sentimentos.

Ingenuidade se imaginarou

até mesmo se pretender,

ser possível se amar só o corpo

ou apenas o espírito... O proceder.

Amar só o corpo é paixão,

amar só o espírito é adoração.

O amar é um adjacente completo,

no qual, não se cabe dividir o sentir.

Nunca se permita convencer

de que o amor aceite ser partejado,

pois nesse tema só o coração é habilitado,

e de enganador a mero enganado, passará você.

O amor não pode ser só pensado,

bem maiormente deve ser sentido.

Quem tentar quebrar essa máxima

é que será quebrantado...

Vencido!

Antônio Poeta

Nenhum comentário: